Ficou constituída Associação Cultural José Martí de Solidariedade com #Cuba, no Grande ABC paulista.

https://i2.wp.com/www.nacionyemigracion.cu/sites/default/files/field/image2/ofic%20ACJMGABC.jpg

São Bernardo do Campo, São Paulo, em 19 de julho de 2018. No local Celso Daniel de São Bernardo do Campo (SBC), ficou constituída a Associação Cultural José Martí de Solidariedade com Cuba, no Grande ABC Paulista (ACJM-GABC) com a participação de cerca de 100 pessoas, provenientes de sindicatos, parlamentares estaduais e municipais, diferentes setores sociais e políticos dos municípios que compõem o Grande ABC, bem como amigos solidários com Cuba. Marcaram presença, também, diretivos do Movimento Paulista de Solidariedade com Cuba de São Paulo, a ACJM-Baixada Santista e o Movimento Capixaba de Solidariedade com Cuba. Além destes e em representação do Consulado de Cuba em São Paulo, esteve o Cônsul Antonio Mata Salas.

Dentre dos propósitos da ACJM-GABC encontra-se a realização de atividades itinerantes em diferentes cidades do GABC Paulista visando ampliar a participação dos diferentes segmentos sociais em solidariedade com Cuba, fazendo debates, exibições de filmes, conversas, atividades culturais e de confraternização; bem como formando grupos de estudos sobre José Martí, e história de Cuba com temas atuais da conjuntura cubana.

Para começar a homenagem aos pioneiros da solidariedade com Cuba no GABC, a colega Silvana Gomes, coordenadora da mencionada associação, relembrou a recente morte do parceiro Wagner Lima, quem em qualidade de vereador na década dos 80 em São Bernardo do Campo, foi o autor do projeto de irmanação entre esse município e Havana bem como um proeminente defensor da Revolução Cubana.

Encontravam-se presentes distintos colegas que desde há várias décadas no GABC são solidários com Cuba, dentre eles, Vicentinho – Deputado Federal pelo PT; Alberto Sousa; Teresinha Toledo; Davina Valentim; Thiago Nogueira; Angelina Fernandes; o Padre Paulinho; o Professor Marcelo Buzetto; José do Fellippi Junior; Adi dos Santos Lima; Ivette Garcia; representantes todos de diferentes setores da sociedade. Foram adjudicados diplomas de reconhecimento da constituída ACJM-GABC pela sua solidariedade para com Cuba. Alguns dos presentes relataram suas experiências em Cuba e referiram-se à solidariedade de sempre com a Revolução Cubana.

Por seu lado, o Cônsul Mata, agradeceu a presença dos participantes e a saudação recebida do ICAP. Do mesmo modo, fez referência à importância do lançamento da ACJM-GABC, que também é celebrado em homenagem ao aniversário 65º do 26 de julho, relembrando o recém finalizado Foro de São Paulo em Havana com sua convocação à unidade de todas as forças revolucionárias da América Latina nestes momentos de ofensiva imperialista; igualmente sublinhou que Cuba prossegue submetida ao bloqueio de Estados Unidos, o qual se recrudesce sob o governo de Trump.

O evento caracterizou momentos culturais com a interpretação de um violonista clássico e a leitura de um poema de Anita Grego, alusivo à sua recente viagem a Cuba fazendo parte da ACJM-GABC.

Fonte: (ConsulCuba São Paulo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s